sábado, 5 de janeiro de 2013

Como se entende o Sexo para com o Casal que é Cristão, PODE TUDO?

      
Já ouvi Pastores renomados em suas mensagens de relacionamento dizendo que na ora do sexo vale tudo ou pode tudo, pesquisando sobre o assunto encontrei blogueiros também dizendo que na ora do prazer pode tudo, vale tudo, pois o que conta naquele momento é o amor de um para com o outro. Mas do ponto de vista bíblico é isso mesmo, esta prática esta correta? ou esses argumentos servem só para defender o egoísmo de alguns no momento do prazer.


  Gostaria que ao término do nosso estudo você deixasse o seu comentário dando assim a sua 
opinião sobre o assunto, pois o nosso intuito é ensinar a todos do ponto de vista Bíblico.

 O Sexo no ponto de vista Bíblico  
  O sexo é um dom que Deus dá às pessoas casadas para o prazer de ambos. A Bíblia diz em Provérbios 5:18-19 “Seja bendito o teu manancial; e regozija-te na mulher da tua mocidade. Como corça amorosa, e graciosa cabra montesa saciem-te os seus seios em todo o tempo; e pelo seu amor sê encantado perpetuamente.” 

A Bíblia recomenda que o romance e o dom de sexualidade sejam usados no contexto do casamento. A Bíblia diz em Hebreus 13:4 “Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará. ” A Bíblia diz em 1 Coríntios 7:3-4  “O marido pague à mulher o que lhe é devido, e do mesmo modo a mulher ao marido. A mulher não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido; e também da mesma sorte o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim a mulher.” 

Deus criou o sexo como parte do casamento. A Bíblia diz em 1 Coríntios 7:5 “Não vos negueis um ao outro, senão de comum acordo por algum tempo, a fim de vos aplicardes à oração e depois vos juntardes outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.” Para que não causemos danos a nós mesmos, os desejos e as atividades sexuais devem ser mantidas sob o control de Cristo. A Bíblia diz em 1 Tessalonicenses 4:3-5 “Porque esta é a vontade de Deus, a saber, a vossa santificação: que vos abstenhais da prostituição, que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra, não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus.” 

O sétimo mandamento proíbe o adultério. A Bíblia diz em Êxodo 20:14 “Não adulterarás.” O pecado sexual é destrutivo mesmo que não se vejam as consequências imediatamente. A Bíblia diz em 1 Coríntios 6:18 “Fugi da prostituição. Qualquer outro pecado que o homem comete, é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo.” 
Como começa o pecado sexual? A Bíblia diz em Mateus 5:28 “Eu, porém, vos digo que todo aquele que olhar para uma mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.” 

A Bíblia condena o comportamento homossexual. A Bíblia diz em Romanos 1:26-27 “Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.” 

A Bíblia proíbe o incesto. A Bíblia diz em Levítico 18:6 “Nenhum de vós se chegará àquela que lhe é próxima por sangue, para descobrir a sua nudez. Eu sou o Senhor.” 

A Bíblia proíbe a bestialidade. A Bíblia diz em Levítico 18:23 “Nem te deitarás com animal algum, contaminando-te com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; é confusão.” 

A Bíblia proíbe relações sexuais com uma prostituta. A Bíblia diz em 1 Coríntios 6:15-17 “Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei pois os membros de Cristo, e os farei membros de uma meretriz? De modo nenhum. Ou não sabeis que o que se une à meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque, como foi dito, os dois serão uma só carne. Mas, o que se une ao Senhor é um só espírito com ele."


A Bíblia condena o sexo oral e anal?


O modo natural é o sexo vaginal. A vagina tem forma, dimensões e elasticidade próprias para o coito; tem inervação capaz de despertar na mulher, o desejo e o prazer sexuais. No casamento monogâmico, a vagina não oferece risco de contágio infeccioso; é a via natural para o início de uma gravidez.

A boca e o ânus/reto, não apresentam inervação erótica; são fontes certas de infecção e não levam à gravidez. O sexo oral ou anal é egoísta porque, geralmente, só dá prazer ao homem. A Bíblia diz que é contra a natureza, contra a vontade de Deus. Não deve ser praticado, portanto.

Estamos vivendo dias semelhantes aos de Sodoma e Gomorra. As fantasias e aberrações sexuais atingiram o seu apogeu.. Essas alternativas sexuais são fruto do hedonismo, esta corrida louca em busca do prazer, tão características desta geração .

Sexo oral, embora tenha seus defensores ou aqueles que são tolerantes, não é recomendável do ponto de vista da saúde.

Os tecidos da cavidade bucal não têm condições de resistir à ação de micro-organismos que tem o seu habitat no canal vaginal ou na uretra masculina. Este comportamento sexual tem facilitado a transmissão de enfermidades venéreas transportadas agora para a boca, laringe ou faringe. Dentistas têm encontrado abcessos nas gengivas provenientes de bactérias próprias do aparelho geniturinário. A boca não foi planejada por Deus senão para as finalidades que já conhecemos. A psicologia e a psicanálise explicam tais fenômenos com base nos estágios do desenvolvimento psicossexual, confirmando o princípio bíblico na dimensão emocional e espiritual do ser humano.

Muito mais repugnante e abominável é o sexo anal. Ao criar o homem e a mulher, conforme lemos em Gênesis 1:27, o Criador fê-los cada um com sua anatomia e fisiologia próprias . Assim ,o ânus não foi feito para a finalidade sexual. A medicina condena tal prática. É fácil de entender. A mucosa anal favorece a proliferação de germes patogênicos, responsáveis pelas doenças sexualmente transmissíveis.

As esposas infelizes, abusadas e desrespeitadas por seus maridos com estes aberrativos e bestializados instintos, são vítimas de herpes, além de outras infecções graves. Para aquelas com tendências a hemorroidas  o problema é ainda mais sério .

Sangramentos, fissuras, estrangulamentos são comuns. Qualquer médico pode confirmar.

Lemos em Romanos 1:24 e 26 : “Pelo que também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si. Pelo que Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram ao uso natural, no contrário à natureza.”
Devemos esclarecer que Deus não é contra o sexo normal, dentro das fronteiras sagradas do matrimônio, mas há limites. Aqui está resumidamente a lista do que Deus condena de maneira absoluta e inegociável:

1. Deus é contra a pederastia, o lesbianismo, a pedofilia (sexo com crianças). Lev. 18: 22 . “Com varão não te deitarás, como se fosse mulher. Abominação é.”

2. Deus é contra a prostituição . I Tess. 4:3. “Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação, que vos abstenhais de prostituição.” Não haverá prostitutas dentre as filhas de Israel.” Deut. 23:17.

3. Deus é contra a bestialidade . “Não te deitarás com um animal, para te contaminares com ele, nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele : é confusão.” Lev. 18:23.

4. Deus é contra o incesto, isto é, união sexual com parentes chegados : pai, mãe, madrasta, padrasto, irmão, irmã, tios, noras, genros, sogros, netos, (ler Lev.18).

5. Deus é contra o adultério. “Não adulterarás.” (Êx. 20:14. Ler ainda Mat.5:27 e 28).

6. Deus é contra o estupro. (Ler Deut. 22:25-29).

7. Deus é contra a fornicação. (Ler Apoc. 21:8).

8. Deus é contra a lascívia. “Mas, as obras da carne são.... lascívia significa: sensualidade, imoralidade, libidinagem, licenciosidade, imudícia.”

9. E finalmente Deus é contra os abusos e fantasias sexuais anormais, como já foi exposto.

                                 
                                          Que Deus abençoe a todos em Cristo Jesus!

Queremos ouvir você, deixe-nos o seu comentário qual a sua opinião a respeito do assunto!

Um comentário:

  1. Otimo texto meu irmão, muitos defendem a liberdade sexual plena, desde que seja entre casados alegando que a Biblia não se pronuncia sobre o assunto; mas vale lembrar Paulo:...nem tudo me convem... não ne deixarei dominar...
    estou te seguindo meu blog é: sadracpereira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir